11/12/2017

Artes

Passo pintando pelas portas e portões

Pedro Paulo  Pereira Pinto, pequeno pintor português, pintava portas, paredes, portais. Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos. Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora. Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia praticar pinturas para pessoas pobres. …

Leia mais »

Quem vai querer um autógrafo?

Abaixo reproduzo a crônica que escrevi (publicada no Jornal da Tarde) sobre a noite de autógrafos do livro do Paulo Maluf – “Ele Maluf, Trajetória da Audácia”. Sabe aquele comentário: “A gente é pobre mas se …

Leia mais »

Ponte Estaiada

Terminei de ler “O Ensaio Sobre a Cegueira” e depois que vi o teaser e algumas fotografias sobre o filme fiquei morrendo de vontade de assistir. Alguns dias atrás passei por lá e com o …

Leia mais »

Portunhol

Clique aqui para ler uma matéria que escrevi sobre o Portunhol Já tinha lido no ano passado na Revista O Globo uma crônica escrita em Portuñol. Agora, pela primeira vez na história o jornal O …

Leia mais »

Meu nome não é Johnny

Cheguei a conclusão de que a maioria dos jornalistas tem dificuldades para escrever ficção. Não sei o que acontece. Vai ver os anos de apuração e de trabalho diretamente com informações concretas, das quais dali …

Leia mais »

Fama e Anonimato

Estou terminando de ler “O Reino e o Poder” de Gay Talese – que conta a história do New York Times – e estou adorando. O livro é ótimo. Meu próximo livro a ser lido …

Leia mais »