20/08/2017

Com motorhomes alugados, brasileiros ‘moram’ dentro do festival Desert Trip

Por Felipe Branco Cruz em Indio (California)
Publicado originalmente no UOL em 09/10/2016

Viajar pelos Estados Unidos a bordo de um motorhome é mais fácil e barato do que se imagina. Com diárias de US$ 90 (em média), alugar um desses carrões na Califórnia é muito simples (basta a carteira de motorista brasileira) e sair rodando. Viajar pelo país é parte da cultura americana e praticamente todas as cidades do estado possuem infraestrutura necessária para receber esse tipo de viajante.

Por mil dólares, o público do Desert Trip pode alugar uma vaga e estacionar sua casa ambulante praticamente dentro do festival durante todos os dias do evento. A reportagem do UOL esteve no local e encontrou diversos brasileiros que decidiram ir ao evento desta forma. “O preço do estacionamento saiu mais barato do que a hospedagem para quatro dias nos hotéis da região”, disse o advogado Vicente Pelissário, 25 anos, que já rodou 5 mil quilômetros pelos EUA desde que alugou o motorhome há um mês.

77777Acompanhado da irmã, Gabriela, 22, ele decidiu alugar o motorhome apenas para vir ao festival, mas aproveitou as férias para circular com o carro pelo país. “Aluguei o carro em Los Angeles e fui subindo até São Francisco, depois passei pelo Oregon, Seattle e Utah, antes vir para cá”, contou.

No acampamento de motorhomes, com espaço para 700 veículos, a reportagem encontrou os irmãos jogando Jenga (que consiste em equilibrar blocos de madeira em uma torre sem deixá-la cair) com o americano Tom Marquis, 52, dono de um trailer vintage de 1967.

“Os brasileiros são muito divertidos”, comentou o americano, que trabalha com seu trailer no festival de contracultura Burning Man, e reúne todos os anos milhares de trailers no deserto de Black Road, em Nevada.

“Dirigir um motorhome é uma terapia. De madrugada, as estradas de Nevada são cercadas por coelhos, que ficam a beira do asfalto para se aquecerem. Quando você passa com o carro, os olhos deles brilham como se iluminassem o seu caminho”, contou Marquis, que passa pelo menos um mês por ano viajando em motorhomes.

Perto dali, um outro casal brasileiro também decidiu aproveitar motorizado o festival. Esta foi a primeira vez que o economista Sergio Castelani, 33, e a administradora Sara Santos, 31, alugaram este tipo de veículo. “Em todo lugar da Califórnia há um estacionamento com infraestrutura de água, esgoto e luz para o nosso carro”, disse Sergio.

O casal está viajando há 15 dias e foi até São Francisco pela Highway 1, que contorna a costa californiana. “Viajar pelos Estados Unidos em um trailer era um sonho de infância. Uni o desejo de assistir a essas lendas no Desert Trip, com a viagem pelo país”, completou.

Para o público comum, era preciso caminhar cerca de um quilômetro até chegar a portaria principal do evento. Já o pessoal estacionado com o motorhome conseguia ver (de longe, é claro) parte do palco. Por conta disso, na manhã deste sábado, por exemplo, eles puderam ouvir Paul McCartney fazendo a passagem de som do show que faria logo mais a noite. “Imagine só, vamos ouvir o Paul duas vezes hoje”, brincou Sara.

O casal de aposentados americanos Kim e Linda Wheeler, ambos de 58 anos, era um dos vizinhos dos brasileiros. Eles compraram há cerca de 2 anos um trailer e nos últimos seis meses já viajaram cinco vezes pelo país. “A nossa próxima aventura será uma viagem até a costa leste do país”, contou Kim, que vive no Arizona.

“Para nós foi bastante conveniente vir ao festival de motorhome porque moramos há apenas três horas de carro daqui”, disse Linda, que é fã de Rolling Stones. “Vamos assistir aos nosso artistas favoritos sem precisar pular na lama ou ficar sem tomar banho. E ainda fazemos novas amizades”, brincou Kim.

dfadfdafadfafa

O que você achou dessa notícia? Comente