18/07/2018

‘Críticas me trazem energias negativas. Não leio’, diz Demi Lovato em SP

Por Felipe Branco Cruz
Publicado originalmente no UOL em 21/10/2015

Assim como o título de seu novo álbum, “Confident”, Demi Lovato voltou a afirmar que, aos 23 anos, está mais confiante do que nunca. Na tarde desta quarta-feira (21), em entrevista coletiva em um hotel de São Paulo, Demi respondeu para praticamente todas as perguntas que confiança e amor próprio fazem parte da sua nova vida. A artista disse ainda, sem mencionar mais detalhes, que voltará ao Brasil em 2016.

Demi está no país para divulgar seu novo álbum, lançado no dia 16 de outubro. O trabalho é o mais autobiográfico da sua carreira. Ele sai com letras sobre superação e, claro, confiança. “No início da minha carreira eu lia todas as críticas, sites de fofocas e blogs”, disse. “Críticas me trazem energias negativas Por isso não leio mais porque é impossível agradar todo mundo. Mesmo que eu faça algo perfeito, vão dizer que faltou algo. Uma das razões que me deixaram mais confiante é que eu deixei de olhar para essas coisas”, revelou.

21out2015---demi-lovato-recebe-o-disco-de-diamante-no-brasil-por-vender-160-mil-albuns-no-pais-1445468557766_300x200A cantora disse que este foi o disco que ela teve mais liberdade para compor, sem interferências da gravadora. Ela apontou “Father” como uma das mais faixas do álbum mais importantes para ela. A letra homenageia seu pai, que há dois anos morreu vítima de câncer na garganta. “Cresci e amadureci como artista nos últimos anos. Fiz um grande trabalho físico e mental e me sinto confiante. A música ‘Father’ está mais próxima do meu coração. Ela significa muito sobre o meu momento. É a faixa mais honesta que já fiz”, contou.

Na infância, Demi sofreu bullying por ser gordinha. Em 2010, ela chegou a se internar em uma clínica de reabilitação para jovens e adolescentes. Na ocasião ela disse que estava buscando “ajuda para problemas físicos e emocionais, como distúrbios alimentares, automutilação e transtorno bipolar”. “O momento do dia em que eu me sinto mais confiante é a noite, quando olho para trás e dou crédito por eu ter sido verdadeira comigo mesma”, disse. “Se eu pudesse voltar no tempo, eu diria para mim mesma que eu era bonita, que não precisava mudar nada e que me tornaria uma mulher forte e confiante”.

Durante a entrevista, a gravadora presenteou a artista com o disco de diamante por ter vendido 160 mil cópias de “Demi” (2013) no Brasil. “Fico honrada e agradecida aos fãs brasileiros. É por isso que eu estou aqui hoje. Eu poderia ter ido para qualquer lugar do mundo divulgar o novo disco, mas quis vir para cá. É claro que é incrível vender muitos discos, mas os brasileiros me apoiaram desde o início”.

Além de autoconfiança, as letras de Demi Lovato também falam sobre feminismo. “As letras vão além do feminismo. Falo de igualdade de gênero. Quero mais poderes para as mulheres, mas não se trata de jogar os homens para escanteio. A coisa correta a se fazer é promover a igualdade de gêneros. Quero inspirar essa geração”.

Na hora de escolher uma música do novo disco para os fãs brasileiros, Demi apontou “Confident”, mas depois mudou para “For You”. “Os fãs brasileiros fariam qualquer coisa por mim e eu, claro, faço qualquer coisa por vocês”.

O que você achou dessa notícia? Comente