21/09/2018

Justin Timberlake quer ‘espalhar bom humor’ com animação ‘fofa’

Por Felipe Branco Cruz de San Diego (EUA)
Publicado originalmente no UOL em 21/07/2016

A Dreamworks abriu o primeiro painel do principal espaço da San Diego Comic-Connesta quinta-feira (21), no Hall H, com a apresentação das animações “Trolls” –com Anna Kendrick e Justin Timberlake–, e “Boss Baby”, com o ator Alec Baldwin. Durante o painel, o estúdio entregou para o público várias perucas coloridas, em referência aos cabelos dos trolls.

A animação “Trolls” conta a história de pequenos seres super felizes, que cantam e dançam o tempo inteiro. Eles são caçados por monstros infelizes que só se alegram quando comem os pequenos trolls. “Para vocês terem uma ideia, a minha personagem canta músicas sobre como é bom cantar músicas”, disse Anna Kendrick.

O estúdio apresentou para o público cerca de 16 minutos da animação. Os personagens parecem todos terem sido feitos de tecido, dando um visual completamente diferente para o filme, como se fossem bichinhos de pelúcia. Como resultado, talvez a Dreamworks tenha produzido o seu filme mais “fofo” da história. “Queríamos fazer uma animação para falar só de coisas boas e felizes”, disse o diretor Mike Mitchell, que participou do painel.

Justin Timberlake faz a voz de um troll mau humorado que é obrigado a conviver com a personagem de Kendrick, outra troll que só sabe cantar sobre as felicidades da vida. A trilha sonora da animação foi toda feita por Justin, que também fez uma releitura de sucessos de bandas como Gorillaz, Earth Wind and Fire e Simon and Garfunkel.

“Passamos quase dois anos gravando as músicas”, disse Timberlake. “Esperamos espalhar bom humor pelo mundo com esse filme e essas músicas”, completou.

No longa-metragem, os personagens têm um relógio que avisa quando é o momento de dar um abraço e no palco Justin ganhou um abraço de sete segundos do mediador. “Nossa, como você é cheiroso”, brincou Justin.

A produtora Gina Shey encerrou o painel contando sobre o visual dos personagens, que são narigudos e têm pés grandes. “Quebramos as regras das princesas perfeitas. Elas são gordinhas e ficam descalças”.

Assista ao trailer:

Bebê mandão
A Dreamworks também apresentou um painel surpresa da animação “Boss Baby”, que tem previsão de estreia para março de 2017. O ator Alec Baldwin dubla um bebê mandão, que usa terno e gravata. O enredo brinca com a chegada de um novo bebê a uma família, substituindo o amor da mãe e do pai do filho mais velho para o mais novo.

Na animação, o bebê sabe falar e monta uma gangue com outros bebês do bairro para infernizar a vida do irmão mais velho. A dublagem ficou curiosa, com a voz grave de Baldwin dublando um bebezinho. “Tenho um irmão que apoia o Trump e outro que não apoia. E eu estou aqui, dublando um bebê de fraldas”, brincou o ator, que participou pela primeira vez da Comic-Con.

O que você achou dessa notícia? Comente