18/10/2017

Lula disse ‘não sei’ 82 vezes a Moro durante depoimento

Por Felipe Branco Cruz
Publicado originalmente no UOL em 11/05/2017

Embora o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tenha se recusado a responder às perguntas feitas pelo juiz federal Sergio Moro, ele fez referência 82 vezes ao termo “não sei” durante o depoimento realizado nesta quarta-feira (10), na sede Justiça Federal, em Curitiba (PR).

Esse foi o primeiro depoimento de Lula, réu na operação Lava Jato, para Moro. O depoimento começou por volta das 14h18 e durou quase cinco horas. O ex-presidente respondeu a acusações sobre a suspeita de ter recebido propina da empreiteira OAS por meio da reserva e reforma de um tríplex no Guarujá (SP).

A contagem de palavras feita pela reportagem do UOL teve como base a transcrição da íntegra do depoimento do ex-presidente.

Lula também também respondeu “não lembro” outras seis vezes. O nome de sua mulher, Marisa, morta em 3 de fevereiro deste ano, foi citado outras 36 vezes. De acordo com Lula, dona Maria Letícia visitou o tríplex no Guarujá duas vezes e cogitou comprar o imóvel para investimento.

Alguns exemplos

Em um momento, por exemplo, Sergio Moro pergunta se Lula sabia quanto Dona Marisa pagou de uma cota de participação na Bancoop. O ex-presidente respondeu que não tinha conhecimento. “Quem cuidava do apartamento era a dona Marisa. Então não sei quanto é que pagou, se terminou em 2007, 2008, 2010, não sei“, disse Lula.
 .
Em outro momento, Moro pergunta quanto tempo durou a visita de Lula ao apartamento tríplex. “O senhor poderia aproximadamente nos citar aqui quanto tempo que durou essa visita? Foi quinze minutos, foi uma hora?”, disse Moro. “Eu não sei“, respondeu Lula. “O senhor não se recorda?”, insistiu o juiz. “Eu não sei“, completou o ex-presidente.
Lula continua respondendo que não sabia mais detalhes do tríplex. “O senhor visitou outro apartamento no local?”, questionou o juiz. “Não sei, só fui no prédio lá, eu não sei se passei em outro apartamento”, respondeu Lula.
 .
O ex-presidente voltou a dizer que nada sabia quando foi questionado pelo Ministério Público a respeito de Pedro Barusco, ex-gerente de serviços da Petrobrás.
 .
“Ele [Pedro Barusco] restituiu de fato esses valores, foram cerca de US$ 97 milhões, mais de R$ 300 milhões, e aí a  pergunta que eu faço ao senhor é: O senhor sabia para onde ou o senhor tinha conhecimento que fosse destinado valores para o Partido dos Trabalhadores?”.
 .
A resposta de Lula, mais uma vez, foi negativa. “Eu não conheço esse cidadão, não sei quanto que ele devolveu, não sei se ele distribuía dinheiro para o PT ou para alguém, ele é que falou, ele é que sabe”.

Lula réu

O depoimento do ex-presidente acontece dentro do processo em que Lula é acusado de ter recebido, em 2009, propina da empreiteira OAS por meio da reserva e reforma de um tríplex no edifício Solaris, no Guarujá, município do litoral de São Paulo.
 .
Lula também responde pelo armazenamento de bens depois que ele deixou a Presidência, entre 2011 e 2016. Lula governou o Brasil por dois mandatos seguidos, entre 2003 e 2010. O valor total da vantagem indevida seria de R$ 3,7 milhões, como contrapartida por três contratos entre a empreiteira OAS e a Petrobras, segundo o MPF (Ministério Público Federal).
 .
Segundo a  denúncia dos procuradores da força-tarefa da Lava Jato, o ex-presidente da República teria cometido os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
 .
Foi nessa ocasião, inclusive, que os membros do MPF usaram aquela que ficou conhecida como a polêmica apresentação em Power-Point para apresentar as acusações contra o petista.
 .
Em 20 de setembro do ano passado, Moro acolheu a denúncia do MPF e Lula tornou-se réu no processo.

O que você achou dessa notícia? Comente