19/10/2017

OSBM busca investimentos com o ministro da cultura em Brasília

O Prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, foi recebido na manhã desta terça-feira (14), pelo Ministro da Cultura, Roberto Freire, na sede do ministério da cultura em Brasília. Participaram do encontro o deputado federal Deley, o superintendente da Fundação de Cultura de Barra Mansa, Marcelo Bravo, e do controlador do município, Vantoil de Souza. O objetivo foi apresentar os projetos da cidade e atrair recursos para o setor na região.

A cultura é um setor estratégico e recebe especial atenção do prefeito Rodrigo Drable. “O setor cultural tem grande importância podendo contribuir para o desenvolvimento da cidade, por isso tem potencial para prospectar recursos em outros entes da federação, consequentemente permite que a arrecadação local possa ser investida em outros setores emergenciais como a educação e a saúde”, declarou.

O prefeito presenteou o ministro com um kit especialmente preparado pela Fundação de Cultura com livros sobre a história de Barra Mansa, além de postais e a edição mais recente do poema Nasce Uma Cidade, de Lacyr Schettino, com versos que traçam poeticamente a memória do município desde a ocupação dos povos puris e coroados até a metade do século XX.

No encontro foram apresentadas propostas de investimentos para a manutenção da OSBM (Orquestra Sinfônica de Barra Mansa) para o setor de patrimônio histórico, para a modernização da Biblioteca Municipal e para o setor de formação artística.

O ministro considera importante a constante busca de estratégias para a sustentabilidade das orquestras públicas no país. Freire apresentou ideias alternativas de captação de recursos e elogiou as iniciativas da cidade. “Vejo que vocês têm uma estrutura interessante e que deve ser fomentada”, declarou o ministro.

O prefeito Rodrigo Drable destacou que apesar de ser uma das mais importantes orquestras do país, ainda falta um local para os concertos. “Temos o mais importante, que é uma orquestra estabelecida, e hoje buscamos formas de construir um espaço adequado. Apesar de haver espaços disponíveis, ainda faltam recursos para a construção de uma sala de concertos”. O ministro se disponibilizou em dar andamento às emendas parlamentares destinadas à OSBM, cujo valor residual chega a um milhão de reais.

O deputado Deley considerou um encontro de muita generosidade do ministro que se demonstrou muito interessado. “Cabe a nós fazermos nosso dever de casa, porque o ministro está muito empolgado com os projetos que Barra Mansa trouxe”, destacou.

O superintendente da Fundação de Cultura entregou ao ministro uma cópia de Lei Municipal 4.602 de 19 de dezembro de 2016, que trata do Sistema Municipal de Cultura (SMCBM/2016), um dos mecanismos mais completos de gestão das políticas culturais. Para Bravo, o SMCBM/2016 é uma referência para os outros municípios do Vale do Paraíba Fluminense. “Estamos colaborando com a elaboração dos sistemas de cultura de muitos municípios vizinhos, destacando que a participação popular é fundamental para o andamento desse processo”. Freire aproveitou para falar sobre o Fundo Nacional de Cultura, que hoje injeta cerca de R$ 55 milhões anualmente no setor.

O encontro marcou um momento histórico para o desenvolvimento da economia criativa de Barra Mansa, destacando a cidade em âmbito nacional.

O que você achou dessa notícia? Comente