20/08/2017

Quem é Consuelo, argentina que ironiza questões brasileiras no Facebook?

Por Felipe Branco Cruz
Publicado originalmente no UOL em 31/01/2016

“Como ser uma pessoa linda em São Paulo?”, pergunta a argentina Consuelo em um vídeo publicado em sua página #DicaBoa no Facebook. “Existe uma nova cor para ser linda. É o cinza. É o novo nude”, continua a consultora, com um característico sotaque portenho, antes de colorir o rosto com tinta guache cinza.

O “vídeo do cinza”, publicado há duas semanas, tem mais de 400 mil visualizações no Facebook e viralizou ao ironizar a ação da prefeitura de São Paulo de pintar de cinza os muros da cidade, apagando diversos grafites. E, mais do que isso, uma questão apareceu com frequência nos comentário: uma argentina problematizando uma situação brasileira, sério?

Mas Consuelo, na verdade, é “hermana” só na ficção. A personagem foi criada pela atriz paulistana Lívia La Gatto, 31, filha de pai argentino e mãe brasileira. Em seus vídeos, a artista –que não tem sotaque portenho– reproduz o modo de falar do pai para ensinar dicas bizarras de moda, beleza e comportamento.

Lívia é formada em artes cênicas pela USP (Universidade de São Paulo) e, além do humor na internet, também faz peças dramáticas. Além disso, a atriz é cantora na banda de brega-chique Lírios Na Lama e dá aulas de teatro para crianças e adolescentes.

Coach profissional

O canal foi criado em julho do ano passado e, desde então, ela já publicou mais de 20 dicas. Nelas, Consuelo responde algumas perguntas dos leitores, bem ao estilo coach profissional, desde “como trabalhar em dias frios” a “como voltar ao trabalho depois de um feriado no meio da semana”. Tudo com muito humor e deboche.

“Desde criança, eu imitava o jeito de falar do meu pai, que mora no Brasil há 40 anos, mas nunca perdeu o sotaque”, conta a atriz ao UOL. “Eu sigo muitas blogueiras no YouTube, mas não sei editar vídeos. Então incorporei essa dificuldade na personalidade da Consuelo, que está na casa dos 40 anos e não sabe nada de tecnologia, mas mesmo assim dá as dicas na internet”.

Em média, cada vídeo de Consuelo atinge 20 mil visualizações e o sucesso surpreendeu a atriz. “Eu faço para me divertir. Não tem periodicidade. Não acho que o vídeo da cor cinza viralizou por causa da Consuelo, mas sim por causa da indignação das pessoas”, acredita. “Embora eu não seja artista plástica, eu sou uma artista e pintar de cinza é apagar a nossa criatividade e a nossa história”, argumenta.

O sotaque argentino também chamou a atenção dos internautas. “Algumas pessoas não sabem que a Consuelo é uma personagem e eu li alguns comentários do tipo: ‘Volta para o seu país’, ‘aprende a falar português primeiro'”, conta, achando graça, mas também levantando o debate. “Estamos vivendo uma época de ódio muito grande. O humor tem esse poder de amenizar as coisas”.

Para Lívia, Consuelo é uma pessoa muito mais tranquila do que ela. “A Consuelo leva a vida numa boa. Eu sou muito neurótica. Temos que estar magra e bonita, mas ela está aí para falar umas verdades que precisamos ouvir”.

O que você achou dessa notícia? Comente