24/05/2018

Sem dublês: 10 filmes em que Tom Cruise desafiou a morte e a seguradora

Por Felipe Branco Cruz
Publicado originalmente no UOL em 17/08/2017

No último domingo (13), Tom Cruise, 55, quebrou o tornozelo ao filmar uma cena de ação para “Missão Impossível 6”. Conhecido por dispensar dublês e gravar suas próprias cenas de ação, esta não é a primeira vez que o artista desafiou a morte (e a seguradora) em prol do cinema. Na verdade, pelo menos uma vez por ano o ator se coloca em situações de risco.

Em um comunicado oficial, a Paramount confirmou o acidente e que as filmagens serão paralisadas até o ator se recuperar. A data de lançamento, 27 de julho de 2018, continua mantida. As filmagens começaram em abril e durariam até setembro.

Em suas aventuras, Cruise já gravou em gravidade zero em um avião no filme “A Múmia” (2017), se agarrou na lataria do lado de fora de um avião em “Missão Impossível 5 – Nação Secreta” (2015) e escalou o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa, em Dubai, para gravar “Missão Impossível – Protocolo Fantasma” (2011). Nesta ocasião, inclusive, nenhuma seguradora quis assumir o risco das filmagens.

Relembre os dez momentos mais perigosos enfrentados por Tom Cruise no cinema

Seguro Impossível

“Top Gun” (1986)

Em um de seus filmes mais famosos, o personagem de Tom Cruise, Maverick, tenta salvar o companheiro Goose no oceano, após a queda da aeronave. O ator realmente mergulhou no mar e quase foi sugado para o fundo do oceano. Durante as filmagens, infelizmente, o cameraman Art Scholl morreu após o biplano perder o controle e cair no mar.

“Dias de Trovão” (1990)

Desta vez, Tom Cruise entrou na pele de um piloto de stock car. É claro que o ator quis pilotar o próprio carro, após um curso rápido com pilotos de verdade. Durante as filmagens, Cruise perdeu o controlo do carro e derrapou. Ele não se machucou, mas a câmera acoplada ao veículo, que custava na época US$ 100 mil foi totalmente destruída.

“Missão Impossível” (1996)

O primeiro filme da franquia “Missão Impossível” teve várias cenas memoráveis, como naquele momento em que Tom Cruise desce em uma corda dentro de um cofre ou quando um tanque de vidro cheio de água explode. Todas as cenas foram feitas pelo próprio artista, para o desespero do diretor Brian De Palma e da produtora Paula Wagner. Felizmente, Cruise só machucou o tornozelo. Um outro dublê, no entanto, não teve tanta sorte e saiu de cena com uma perfuração de vidro na perna.

“Missão Impossível 2” (2000)

Uma das cenas mais marcantes do segundo filme da franquia mostra o personagem Ethan Hunt (Tom Cruise) de férias escalando a Dead Horse Point, em Utah. A cena, de tirar o fôlego, foi toda gravada pelo ator, obviamente com cabos de proteção que foram retirados digitalmente na pós-produção.

“Colateral” (2004)

Em “Colateral”, Tom Cruise e Jamie Foxx passam boa parte do filme dentro de um carro. Durante as filmagens, Foxx teve que dirigir perigosamente com Cruise no banco do carona sendo chacoalhado para baixo e para cima. “Eu batia no teto e no estofado”, disse o ator na época. Mas quem se preocupou mais foi Foxx. “Eles estavam preocupados que eu matasse o homem. Você pode imaginar a quantidade de dinheiro balançando no banco de trás?”, brincou.

“Operação Valquíria” (2008)

Tom Cruise interpretou um oficial nazista que tenta matar Hitler mas seu plano falha. Em uma cena, Tom Cruise e vários figurantes são arremessados de um caminhão. Onze pessoas se machucaram, mas o ator saiu ileso.

“Missão Impossível: Protocolo Fantasma” (2011)

Provavelmente a cena do personagem Ethan Hunt, da franquia Missão Impossível, escalando os vidros do prédio Burj Khalifa, em Dubai, foi a mais perigosa já feita pelo ator. Tão perigosa que a seguradora não quis aprovar a apólice para Tom Cruise dado o alto risco. Tom Cruise até teve um dublê, mas ele foi usado apenas para checar o equipamento. Embora o ator tenha ficado do lado de fora do prédio, ele estava, obviamente, todo amarrado com cordas, retiradas digitalmente na pós-produção.

“No Limite do Amanhã” (2014)

Em uma cena de perseguição de carros deste filme, Tom Cruise “quase” foi morto pela atriz Emily Blunt, que dirigia em alta velocidade. Em uma entrevista, a atriz disse que durante a gravação ouviu Tom Cruise gritar “Para, para, para”.

“Missão Impossível 5 – Nação Secreta” (2015)

Definitivamente as situações em que Tom Cruise se botou mais em perigo foram durante as gravações da franquia “Missão Impossível”. Neste, ele ficou submerso na água por muito tempo, levando a produção a se preocupar com um possível afogamento. O ator, no entanto, recebeu treinamento de um mergulhador profissional para aguentar ficar até seis minutos sem respirar. Outra cena muito comentada em “Nação Secreta” foi quando o ator ficou preso do lado de fora de um Airbus A400M levantando voo. A Airbus ficou relutante em fazer a cena sem um dublê. “Eles estavam preocupados com pássaros ao redor”, lembrou o ator.

“A Múmia” (2017)

Parece que Tom Cruise enfrentou de tudo. Até gravidade zero. A cena foi filmada em um avião em queda livre recriando a sensação de gravidade zero para “A Múmia”. Para a cena, o ator estava acompanhado de Annabelle Wallis. “Eu tive que convencer o estúdio a me deixar fazer isso. Eu e Annabelle gravamos a cena 64 vezes”, lembrou o ator em entrevista. “Normalmente os dublês levam meses treinando. Nós simplesmente fomos lá e fizemos”.

O que você achou dessa notícia? Comente